Perdoa-me, senhor!

Em primeiro lugar, antes de tudo, pra começar, primeiramente: perdão pelo sumiço. Não posto nada desde o dia 21 de março, dois dias após a apresentação do Franz Ferdinand aqui no Rio (quer ler a resenha do show do Franz?). Não há uma razão única para isso ter acontecido, mas um aglomerado de fatores que colaboraram: volta as aulas da faculdade, as aulas do curso, início de período preparatório para provas, preguiça, sono, MafiaWars, Lockerz, entre outros. Não garanto regularidade daqui pra frente, mas sempre que possível postarei o que pensar, achar, não tiver certeza e o que der vontade.

Mesmo assim, gostaria de agradecer a todos os leitores. Isso porque, mesmo passando 20 dias sem colocar nada novo, o numero de visitas diárias apresentou uma média boa. Não sei porque, nem quem foram os visitantes, mas agradeço a perseverança e a publicidade que todos vocês fazem (ou não) do meu trabalho.

Pra não mudar drasticamente de assunto, esse post fica por aqui. O texto de amanhã já está pronto a essa altura, mas só devo publicá-lo quando voltar para casa, amanhã a noite. Digo isso porque não sei que horas chegarei em casa e nem se estarei com disposição e pique suficiente pra isso. Mas de terça não passa.

Em tempo: a Roma assumiu a liderança do campeonato italiano hoje, ao vencer a Atalanta por 2 a 1. “Roma, ora lo scudetto dipende da noi”.

Estou de volta, para o alto e avante!

Uma resposta para “Perdoa-me, senhor!

  1. Já passou de terça e nada do texto… tsc tsc!
    mas tudo bem, eu leio posts antigos…!
    beijoca!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s